quarta-feira, 3 de julho de 2013

Haverá outra forma...

...de avaliar o comportamento de Paulo Portas que não seja de forma severa? Uma irresponsabilidade total? Uma garotice absoluta que desprestigiou Portugal, destruiu mais de dois mil milhões de euros na bolsa e nos custou um agravamento considerável nas yields? Sempre com a boca cheia de interesse nacional e sentido de Estado e Paulo Portas quase que nos atirava para um segundo resgate?