segunda-feira, 1 de julho de 2013

O inevitável [2]

Por incrível que possa parecer, a substituição de Vítor Gaspar consegue apanhar o primeiro-ministro sem um plano B devidamente preparado. A saída de Gaspar, podendo ser uma oportunidade política, acaba por surgir como um remendo de improviso.
Era possível transformar uma oportunidade num problema?
Pelos vistos, sim.